Superstições

SUPERSTIÇÃO nasceu com o homem, quando ele atingiu a faixa etária do discernimento. Encontra-se mais desenvolvida nas camadas sociais inferiores, onde o nível cultural é de qualidade mais baixa. Não obstante isso, acha-se também entre os intelectuais e os sábios, não raras vezes com maior intensidade.

Poderá ser definida como sentimento de veneração ou de repulsa, com respaldo no temor e na ignorância dos fatos e fenômenos. Suas consequências mais aproximadas estão no cumprimento de deveres estranhos e falsos ou na adesão da crença a objetos e ocorrências, embora de modo infrutífero. Mas, como em grande parte das vezes a SUPERSTIÇÃO se casa com a coincidência dos fatos, o supersticioso torna-se cada vez mais apegado às suas ideias.

Leia Mais

Características dos signos – Peixes (20/02 a 20/03)

Você pensa que todo mundo é cabeça de bagre e só você é o esperto. Se acha o sujeito mais inteligente do zodíaco. Você tem a maldita mania de achar que os outros signos do zodíaco precisam de sua ajuda. Na verdade, você se acha superior e considera os outros signos do zodíaco idiotas. Adora reprimir tudo e todos, impaciente, mal-educado e fica dando conselhos fúteis aos outros. O que você faz mesmo é f….. as pessoas que seguem seus conselhos idiotas. Você não passa de um desorganizado, não tem praticidade alguma e não sabe nem em que planeta vive. Quando alguém te questiona, você recorre ao misticismo, uma vez que sua inteligência é limitada. Piscianos são ótimos macumbeiros. Na verdade, você que é o cabeça de bagre.

Profissões típicas do pisciano: técnico de futebol, vendedor de
enciclopédia, pai-de-santo ou cartomante.