Superstições

ATIRAR alfinetes no poço dá boa sorte.

BANHAR a criança, ao nascer, em água morna e com vinho de Portugal, pondo-se na bacia moeda ou objeto de ouro, torna-la-á fica e feliz.

A GESTANTE não deve cruzar os braços, na igreja, nem fazer nós com uma corda, nem usar cachecol no pescoço. Se assim proceder, a criança se enreda no cordão umbilical e morre.

AO ENTRAR no mar, o banhista deve esperar que a 7ª onda quebre, senão morrerá.

AO PEDIR sal a alguém, dê-lhe uma moeda, senão fica pobre.

APONTAR para as estrelas faz criar verrugas no dedo.

A PRIMEIRA segunda-feira de agosto e fatídica.

ARRANCAR um tesouro (botija) e tapar o buraco onde ele se encontrava traz a morte de quem assim proceder.

AS SEXTAS-FEIRAS de agosto são agourentas.

CANTAR antes do sol nascer dá azar.